PT EN
ESTÁDIO MUNICIPAL
RELVADOS APOIO
COMPLEXO DE PISCINAS
POLIDESPORTIVO
GIMNODESPORTIVO
PARQUE DESPORTIVO
SALAS INDOOR
PAVILHÃO MULTIUSOS
CAMPOS DE TÉNIS E PADEL
LABORATÓRIO
ALOJAMENTO
ALIMENTAÇÃO
GINÁSIO
HEALTH CLUB
FISIOTERAPIA
AUDITÓRIO
OUTROS SERVIÇOS
ESTÁGIOS DE FUTEBOL
ESTÁGIOS DE DESPORTO ADAPTADO
ESTÁGIOS DE NATAÇăO
OUTROS ESTÁGIOS
PERCURSOS DE CICLISMO, BTT E CORRIDA
ATIVIDADE MUNICIPAL

|


[2018-04-27]

/ CLÍNICA DE TALENTOS NATAÇÃO RIO MAIOR 2018


Clínica de Talentos Natação Rio Maior 2018
Clínica de Talentos Natação Rio Maior 2018
Clínica de Talentos Natação Rio Maior 2018

A direção técnica nacional da Federação Portuguesa de Natação levou a efeito no Centro de de Alto Rendimento de Rio Maior, uma clínica para avaliação de jovens nadadores. Este ano foi atingido um número recorde de 45 nadadores que cumpriram, no decorrer da época, os critérios métricos antecipadamente definidos pela FPN. Estes nadadores convidados foram acompanhados dos seus encarregados de educação bem como dos respetivos treinadores, para cumprirem um conjunto de atividades nos dias 24 e 25 do corrente mês de abril em Rio Maior.

“A finalidade última do convite foi a de saber quais estariam dispostos a ingressar no CAR Rio Maior, beneficiando da carreira dual desporto/estudos, tendo em vista um Plano de Carreira Desportiva na Natação, sem olvidar a imprescindível formação académica, seguindo o Lema Sucesso Desportivo igual a Sucesso Escolar impulsionado pelo programa UAARE - Unidade de Apoio ao Alto Rendimento na Escola”, José Sacadura, diretor FPN e Gestor de Centros de Treino da FPN.

“Dos convites enviados responderam 23 jovens promissores nadadores que devidamente acompanhados cumpriram um programa de dia e meio de atividades com observação direta dos pais, que ficaram alojados junto deles no Centro de Estágios. Estes tiveram oportunidade de assistir a uma sessão de esclarecimentos acerca do que é a vida de um nadador no CAR Rio Maior, das valências que este centro possui, dos apoios fornecidos e também conheceram todas as instalações da residência desportiva, do circuito diário dos nadadores residentes e, principalmente, foram esclarecidos sobre o programa de apoio escolar UAARE”, acrescentou José Sacadura.

Para o efeito esteve presente o Coordenador Nacional das Escolas que já beneficiam deste programa de apoio, Prof. Vitor Pardal, acompanhado do Prof. Luís Deus, tutor dos atletas das várias modalidades que frequentam a Escola Secundária de Rio Maior. Questões como apoio ao estudo (explicações de dúvidas nas matérias, preparação para testes e exames, recursos educativos digitais), ausências dos estudantes para estágios e competições (recuperação de matérias, blocos de notas digitais e professores acompanhantes e uma sala de sula específica para estes apoios na escola secundária, foram assuntos que prenderam a atenção dos pais ao longo de duas horas.

A Dr.ª Diva Cobra, Presidente do Conselho de Administração da Desmor, empresa municipal que gere o Complexo Desportivo de Rio Maior, colaborou na organização desta clínica e deu as boas vindas a todos os presentes, anunciando que o Centro de Estágios vai ter, nas suas instalações, uma Sala Aprender + que vai permitir apoiar o ensino presencial e o ensino à distancia.

O diretor técnico nacional júnior Bruno Dias e o professor Daniel Marinho, responsável pelo Gabinete de Avaliação e Controlo do Treino, explicaram as metodologias de trabalho bem assim como a razão de ser das suas escolhas e critérios empregues. A Dr.ª Rita Hipólito, como nutricionista que lida diretamente com os nadadores, explicou o que tem observado de hábitos alimentares de cada um e as recomendações que faz tendentes a aproveitarem do melhor modo as ementas elaboradas tendo em vista o esforço diário despendido e as várias fases da época desportiva.

Na parte prática os jovens nadadores tiveram sessões de treino e de trabalho no ginásio tendo feito no último dia um treino conjunto com os atletas que estão a residir no CAR.

“Pelo que observamos, estamos convencidos que a iniciativa conseguiu os seus objetivos e ao vermos jovens de Castro de Aires, Vagos, Salvaterra de Magos, Torres Novas, Torres Vedras, Fafe, Benedita, Paços de Ferreira, entre outros, sentimos que o alargamento do espaço territorial a fornecer talentos para a natação desportiva não sofre dúvidas. Assim se tenham condições para que se possam aproveitar”, concluiu José Sacadura.

Os responsáveis da FPN aguardam agora pelo surgimento de candidaturas ao regime residencial no CAR Rio Maior.

Bruno Dias (Técnico FPN): “Com esta ação procuramos dar a conhecer todos os serviços do centro de treino, o dia a dia dos nadadores residentes, assim como a mais valia desportivo/escolar para os atletas de alta competição. Recordo que todos estes nadadores integraram já a seleções pré-júnior. O centro de treino não pretende substituir-se aos clubes, mas apenas disponibilizar condições para que os nadadores referenciados possam trabalhar com qualidade necessária para a sua evolução.”

Mariana Cunha (Fluvial Portuense) esteve em destaque no Open Vale do Sousa ao superar os máximos nacionais em piscina de 25 metros em juvenis B nas disciplinas de 100 mariposa, por duas vezes, e nos 200 estilos: “Gostei muito de visitar e treinar estes dois dias no Centro. Foram fantásticos. Estou a divertir-me muito. Os treinos não estão a ser difíceis. Ainda não sei o que irei fazer para o ano. É uma decisão difícil. Estou no 8.º ano. O objetivo para esta época é continuar a melhorar o que poderá significar recordes nacionais alguns deles já batidos esta época.”

Catarina Sousa (Angola) presente no Mundial de Budapeste e selecionada para os Jogos Olímpicos da Juventude: “Estou no Centro de Rio Maior há dois anos. O objetivo da minha integração passa por melhorar as minhas marcas com condições que em Angola seriam impossíveis de encontrar neste momento. A adaptação foi fácil apesar de conciliar a escola com os treinos onde chego a nadar 6 km. Valeu bem a pena pois consegui bons resultados conciliando com o 12.º ano. Quero seguir: auditoria e finanças. Um dia normal começa por acordar às 5.20; às 5.30 estamos na piscina; treino das 6.00 às 8.00; pequeno almoço; tolerância de 20 minutos até 8.40; escola até 13.20; almoço; ginásio 14.00; treino das 15.00 às 17.00 ou 17.00 às 19.00. Quinta feira tarde livre; apoio escolar à terças e quintas-feiras.”

Fonte: Cipriano Lucas / FPN

AGENDA


DSTQQSS
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Usamos cookies para ajudar a dar-lhe a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar sem alterar suas configurações de cookies, assumimos que concorda com a política de cookies do site DESMOR. No entanto, se quiser, pode alterar as suas configurações de cookies a qualquer momento.